A Apple Music está se empenhando mais amplamente na música clássica. Hoje, a Apple anunciou que adquiriu o Primephonic, um serviço especializado em streaming do gênero clássico, e irá incorporar a funcionalidade do aplicativo e listas de reprodução ao Apple Music.

O resultado será “uma experiência de música clássica significativamente melhorada”, disse a Apple em um comunicado à imprensa. Haverá também um aplicativo clássico independente da Apple Music chegando em 2022.

Com efeito imediato, a Primephonic não está mais aceitando novos clientes, e o serviço que existe hoje será encerrado em 7 de setembro.

A Apple diz que as listas de reprodução e “conteúdo de áudio exclusivo” da Primephonic serão os primeiros a serem integrados ao Apple Music.

No futuro, ele adicionará “os melhores recursos do Primephonic, incluindo melhores recursos de navegação e pesquisa por compositor e por repertório, exibições detalhadas de metadados de música clássica, além de novos recursos e benefícios”.

Em uma demonstração de como a Apple é séria em atrair fãs de música clássica, a empresa diz que “um aplicativo dedicado de música clássica” será lançado no próximo ano que usará a “interface de usuário clássica que os fãs aprenderam a amar” da Primephonic.

A Primephonic foi lançada há três anos, e sua equipe afirma que esse negócio envolve escala e alcance de mais ouvintes.

“Como uma startup exclusivamente clássica, não podemos alcançar a maioria dos ouvintes clássicos globais, especialmente aqueles que ouvem muitos outros gêneros musicais também”,  “Portanto, concluímos que, para cumprir nossa missão, precisamos fazer parceria com um serviço de streaming líder que englobe todos os gêneros musicais e também compartilhe nosso amor pela música clássica.”

escreveu a empresa em uma nota em seu site.

De acordo com as perguntas frequentes da Primephonic, os clientes com uma assinatura ativa receberão um reembolso proporcional. Eles também receberão um código para resgatar seis meses grátis do Apple Music.

Como escrevi em minha análise anterior do áudio espacial da Apple Music, o clássico se adapta muito bem a mixagens Dolby Atmos – então, estou ansioso para que o serviço evolua e se torne um lar melhor para o gênero.

Via: TheVerge

Artigo anteriorNoguchi’s Bell é uma série desenvolvida inteiramente em sonhos
Próximo artigoOs Mercenários 4 confirmado, elenco revelado