Início Aplicativos Propagandas e videochamadas. Conheça as novidades do Whatsapp

Propagandas e videochamadas. Conheça as novidades do Whatsapp

COMPARTILHAR

O serviço de mensagens de áudio e texto mais popular do Brasil, o Whatsapp, está sempre se modificando. E como não poderia deixar de ser – sendo ele um dos braços do grupo que controla o Facebook – ele quer começar a fazer dinheiro. Os usuários se preparem para as novidades que estão por vir.

A principal mudança, que não deve agradar a todos, é a inclusão de propagandas! Depois de abandonar a ideia de cobrar 1 dólar anual dos usuários, Mark Zuckerberg e cia decidiram monetizar o aplicativo mais usado no Brasil – nos EUA, as mensagens de texto são mais populares e na Europa, o Telegram faz mais sucesso – de outra maneira.

O WhatsApp Business, a principio, não custará tão caro aos usuários corporativos, mas a empresa vai arrecadar o equivalente a vários prêmios da Megasena, com certeza. Nos EUA, o valor cobrado será de 9 centavos de dólar e no Reino Unido, 5 centavos de libra por mensagem.

Ele vai funcionar mais ou menos como o que acontece no Instagram, alguns pequenos vídeos inseridos em meio às mensagens entre empresas e pessoas físicas. Quem optar por não receber estas mensagens publicitárias, poderá indicar no aplicativo, sem problemas.

Videoconferências em grupo

Já está disponível, tanto para usuários dos sistemas Android quanto IOS, e comporta até 4 usuários simultâneos. É muito fácil de fazer. Basta o primeiro usuário abrir uma chamada de vídeo com alguém e depois ir adicionando outras pessoas no símbolo “+”, no canto superior direito.

Da mesma maneira que nas mensagens escritas, estas chamadas em vídeo em grupo também estarão criptografadas, preservando a identidade e os dados dos participantes.A empresa afirma que mesmo em conexões menos estáveis, a opção continua válida, mas quem conhece bem a internet no Brasil deve se resguardar, principalmente se for uma chamada de trabalho.

Outras novidades estão por vir para todos os usuários, algumas ainda estão restritas a versão beta. Em breve, todos poderão ter acesso.

Loading...