Início Segurança Saiba quais tipos de dados nunca devem ser guardados na nuvem

Saiba quais tipos de dados nunca devem ser guardados na nuvem

Cada vez mais usuários e empresas estão recorrendo à nuvem para atender às suas necessidades de armazenamento, fazendo backup de uma variedade de dados, e-mails e fotos em serviços que oferecem diferentes níveis de capacidade e segurança. Embora a nuvem possa atuar como expansão de armazenamento e representa uma maior economia de custos para aqueles com espaço de armazenamento limitado, existem certos tipos de informação que devem ser armazenadas em outros lugares mais seguros como um HD externo, por exemplo.

Vamos listar esse tipo de arquivos para que você possa protegê-los da melhor maneira possível.

  1. Arquivos Médicos

Pode parecer bobeira, mas há muitas pessoas que armazenam informações vitais, como arquivos médicos, na nuvem, tornando-se um alvo de alto risco para roubo de identidade. Se o armazenamento de tais informações na nuvem é a única opção, um forte protocolo de criptografia deve ser implementado.

  1. Dados de identificação pessoal

Qualquer tipo de informação pessoal relacionada a funcionários ou clientes na nuvem é considerada um grande erro por especialistas do setor. Qualquer informação que envolva números de passaporte, data de nascimento ou número de CPF deve ser mantida em servidores seguros, caso o armazenamento seja absolutamente necessário.

Atualizar periodicamente as senhas e os protocolos de segurança é uma precaução que tanto empresas como usuários comuns podem tomar para proteger seus dados pessoais. Os cibercriminosos podem usar os dados de funcionários e clientes como uma cor favorita ou a primeira escola primária para fazer palpites sobre as credenciais de login. Ao ativar a autenticação em duas etapas nos serviços de conta online, como o Google Drive, os hackers podem ser impedidos de acessar os bancos de dados pela nuvem.

A autenticação em duas etapas requer que os usuários tenham um segundo código PIN para entrar e usar uma conta em um novo dispositivo. Ao atualizar as configurações de segurança, opte pelo processo de duas etapas para aumentar a segurança dos dados.

  1. Informações críticas ao negócio

A receita do seu negócio pode ser impactada diretamente se o acesso à nuvem cair, com informações centrais das operações diárias armazenadas nela. As empresas correm o risco de uma grande violação de dados e possível falha se não colocarem servidores locais para trabalhar. Uma solução para proteger informações críticas é usar um serviço de nuvem criptografado, caso a nuvem seja a única opção para armazenamento de dados.

Alguns serviços de armazenamento em nuvem fornecem criptografia e descriptografia local de arquivos, além de backup. É possível que ninguém tenha acesso a arquivos, como provedores de serviços ou mesmo administradores de servidores.

  1. Informações fiscais

Ladrões de dados que obtêm informações fiscais de empresas podem ser más notícias para todos os envolvidos, resultando em prejuízos que podem chegar a ser milionários. O armazenamento de informações fiscais na nuvem pode tornar qualquer empresa um alvo desse tipo de crime. Se o armazenamento em nuvem for a única opção, as empresas devem ter um plano de armazenamento de backup que verifique todos os registros, além considerar um espaço de armazenamento externo.

  1. Informações judiciais

Armazenar estratégias judiciais e informações processuais na nuvem pode aumentar o risco de roubo de informações. As empresas podem tomar medidas como mapeamento de dados, retenção e gerenciamento de registros e avaliação antecipada. Através do mapeamento de dados, o conselho interno saberá quais informações a empresa e seus funcionários têm e onde estão. Ter esse conhecimento ajudará o departamento jurídico a saber onde recorrer em tempos de crise.

Quando os dados são identificados, um programa de retenção ajudará os profissionais da área a determinar quais informações são importantes e o que descartar nas operações comerciais e legais, impedindo que as empresas armazenem mais informações na nuvem do que o necessário.