Início Noticias Facebook retira seu anúncios na Tailândia em respeito a morte do rei

Facebook retira seu anúncios na Tailândia em respeito a morte do rei

COMPARTILHAR

Facebook removeu todos os anúncios de sua plataforma na Tailândia devido à morte do rei no país. O movimento marca a primeira vez que a rede social encerrou anúncios para todo um país.
O monarca, O rei Bhumibol Adulyadej faleceu na quinta-feira após um reinado de 70 anos. A Tailândia começou seu processo de luto para o seu rei que irá Alegadamente durar até um ano.

Não está claro neste momento se o Facebook vai continuar a bloquear anúncios para a totalidade do período designado de luto. “Por respeito para com a passagem do rei da Tailândia Bhumibol Adulyadej, que temporariamente não está exibindo anúncios na Tailândia”, escreveu a empresa em um breve post em sua página de ajudas de anúncios.
Facebook vai continuar a fornecer anúncios como normal em outros países. Ele acrescentou que os anunciantes na Tailândia ainda podem executar anúncios externamente em outras regiões.

O palácio real está declaradamente definido para voar a bandeira nacional por 30 dias, a partir de sexta-feira. Como parte do processo de luto, os funcionários públicos foram obrigados a usar traje preto por um ano, informa a CNN.
Facebook não é a única empresa de tecnologia que marcou a passagem do rei. Outra gigante da web, O Google adotou um esquema monocromático para a sua home page na Tailândia, embora seja declaradamente ainda servindo-se anúncios para os usuários.

Além disso, as empresas de mídia estão prestando suas homenagens ao rei com alterações na programação televisiva, e layouts personalizados para agências de notícias digitais. Enquanto isso, os canais de televisão irão abster-se de broadcasting “entretenimento e conteúdo excessivamente emocional” por 30 dias a pedido da Comissão Nacional de Radiodifusão e Telecomunicações da Tailândia.

Loading...
COMPARTILHAR