Início Destaques Detalhes sobre o tão aguardado Final Fantasy VII Remake

Detalhes sobre o tão aguardado Final Fantasy VII Remake

Um dos maiores sucessos da japonesa Square Enix é a franquia Final Fantasy. Só com os jogos dessa incrível história a empresa já vendeu mais de 115 milhões de cópias no mundo todo e as expectativas para o futuro são muito grandes com o remake de Final Fantasy VII no horizonte.

O jogo já é aguardado há tempos pelos fãs. O remake completo foi anunciado em 2015, quando a Square Enix anunciou o jogo na famosa E3 e foi aplaudida de pé pelos participantes que assistiram as primeiras imagens da produção. Desde então, porém, Final Fantasy VII Remake não proporcionou muito quanto aos trailers ou as imagens e os fãs seguem na expectativa para uma data de lançamento precisa.

Para a produção desse remake, a Square Enix trouxe um time de peso. O diretor é Tetsuya Nomura, que já participou de várias produções de Final Fantasy e Kingdom Hearts, além de ter trabalhado em Tekken 7 no design de personagem. A produção fica por parte de Yoshinori Kitase, famosa personalidade no mundo dos games que escreveu a primeira versão de Final Fantasy VII.

Na versão remake, os produtores do jogo tiveram muito cuidado em pegar aspectos importantes da versão original para assim implementá-los de maneira fiel. A história, por exemplo, reconta a trajetória de Cloud Striff, um ex-soldado da Shinra que se junta ao grupo AVALANCHE para batalhar contra a sua antiga empresa. As mecânicas de combate também são em tempo real, algo presente na primeira versão.

O gamer, porém, não vai ter a sensação de que está jogando apenas uma versão com gráficos bem melhorados — vale ressaltar que Final Fantasy VII foi lançado em 1997 para PlayStation e outras plataformas. No remake, a história terá algumas implementações interessantes, como mapa maior e uma quantidade grande de opções de interação extra.

Schinchiro Biwa, planejador da Divisão Business 1 de Final Fantasy VII Remake, deu uma entrevista recente com detalhes sobre o novo jogo. Para Biwa, o game terá um toque moderno que preservará as características originais e a progressão da história será linear.

Em entrevista ao site Game Informer, Kitase disse que o jogo será dividido em três partes para contar a história completa de Final Fantasy VII. “Se a gente colocasse o jogo em um único lançamento, isso ocasionaria em corte de partes da história. A decisão de dividir em várias partes foi importante, pois isso naturalmente deu acesso a áreas novas do game”, completa Kitase.

No remake, a Square Enix decidiu utilizar o motor de jogo da Unreal Engine 4 e trabalhar em parceria com a Epic Games para personalizá-lo na nova versão de Final Fantasy VII.

A Square Enix entrou em parceria com a CyberConnect2 para refinar a qualidade do vídeo e o gameplay. Eles também fecharam acordo com a empresa Geomerics para aprimorar a iluminação do game.

Data de lançamento

Como dito acima, não há data de lançamento confirmada oficialmente. Em 2018, houve especulações fortes de que o game seria lançado no ano passado, porém, a Square Enix juntou forças para a produção de Kingdom Hearts 3 — que foi às lojas no início de 2019.

Nomura, diretor do Final Fantasy VII Remake, disse que a atenção da empresa voltaria para a produção desse jogo assim que Kingdom Hearts 3 fosse devidamente lançado. Portanto, a Square Enix já está com os olhos voltados para o desenvolvimento final do remake.

Acredita-se que a Square Enix vai anunciar várias novidades quanto ao remake em abril e provavelmente haverá algum update quanto ao lançamento da primeira parte do jogo.

Vários sites especializados no assunto, como Digital Trends e TNH Online, estimam que o jogo será lançado em 2020.

O ponto é que provavelmente o lançamento de Final Fantasy VII Remake não deve passar de 2020 e a espera dos fãs não está longe de acabar. Com tanto tempo de produção e muitas personalidades importantes na história dos games trabalhando no desenvolvimento, as expectativas do remake são bem altas para reviver à altura esse clássico dos jogos de RPG