Início Aplicativos Para os amantes do Fruity Loops, o software acaba de chegar ao...

Para os amantes do Fruity Loops, o software acaba de chegar ao Mac

COMPARTILHAR

A Image Line acaba de lançar a mais nova versão da sua estação de trabalho de áudio digital FL Studio (Fruity Loops), e com ele vem o suporte nativo para Mac pela primeira vez desde sua criação em 1997, conforme relatado pela Pitchfork.

Embora a capacidade de usar o programa no Mac seja a maior novidade, o FL Studio 20 também inclui outras atualizações. Esta versão tem suporte para assinaturas de tempo, congelamento de clipes para liberar a CPU e a capacidade de ter vários “arranjos” para que os usuários possam trabalhar com diferentes versões de um projeto de uma só vez.

O programa é acessível em comparação com algumas outras DAWs, e ganhou muitos fãs prolíficos, como Martin Garrix, Metro Boomin e Porter Robinson. A empresa inicialmente disse que começou a trabalhar em uma versão para Mac em 2013. Em seguida, lançou uma versão em 2014, que nunca foi além dos testes. A razão para o atraso da DAW em migrar para o Mac foi devido ao Delphi, a linguagem de programação usada, que costumava ser mais adequada para o Windows.

Se você comprar o Fruity Loops Studio, a licença abrange tanto o Mac quanto o Windows. Os proprietários atuais do FL Studio podem baixar a versão para Mac sem custos adicionais, e os projetos são compatíveis entre as versões Mac e Windows do programa.

Você pode obter a versão mais básica do programa por US$ 99, enquanto o reforçado FL Studio custa US$ 899 e inclui uma série de VSTs (apenas alguns deles, deve-se notar, são compatíveis com o Mac).

Loading...
COMPARTILHAR
Sebastião Ferraz
Co-Fundador do Colunatech, Cursando o segundo ano de marketing. Aprecia games e filmes, também escreve artigos no ColunaTech.