Início Google Google remove o aplicativo Gab por violar a política de discurso de...

Google remove o aplicativo Gab por violar a política de discurso de ódio

COMPARTILHAR

Gab, a rede social que se tornou popular entre os membros da alt-right, foi removida da Google Play Store esta semana por violar a política de discurso de ódio do Google.

A empresa anunciou a remoção de seu aplicativo em um tweet na quinta-feira, pouco depois de anunciar que havia arrecadado US$ 1 milhão em uma campanha de crowdfunding. O tweet também incluiu uma captura de tela de um e-mail do Google, que disse que o aplicativo Gab foi “suspenso e removido” do Google Play Store por violar sua política de discurso de ódio.

Leia também:

Google pagará à Apple $ 3 bilhões para permanecer como mecanismo de busca padrão

Google paga US $ 10.000 a estudante por reportar uma falha de segurança

Google compra a Senosis Health, uma startup de monitoramento de saúde

O Gab se descreve como “uma rede social livre de anúncios para criadores que acreditam na liberdade de expressão, liberdade individual e livre fluxo de informações online”. O site, lançado no ano passado, atraiu muitos usuários de extrema-direita que foram banidos em sites como Twitter e Facebook. Embora a rede social afirme ser politicamente neutra, seu logotipo de sapo verde tem uma clara semelhança com Pepe O Sapo, uma mascote popular da alt-right; e seu CEO, Andrew Torba, é um apoiador do presidente Donald Trump, que foi removido de uma rede de ex-fundadores da Y Combinator no ano passado por violar sua política de assédio.

Não está claro o que levou o Google a remover o aplicativo Gab da sua loja. A política de discurso de ódio da empresa proíbe quaisquer aplicativos “que defendam grupos de pessoas com base em sua raça ou origem étnica, religião, deficiência, gênero, idade, nacionalidade, status de veterano, orientação sexual ou identidade de gênero”. O aplicativo nunca foi aprovado para colocação na App Store da Apple.

Um porta-voz do Google não respondeu imediatamente a um pedido de comentário sobre o que motivou a decisão de remover o Gab. Após a remoção, o Gab tweetou um link que diz que permitiria que os usuários do Android baixassem sua aplicação sem passar pela Play Store.

Via: The Verge

Loading...