Resultado da Timemania concurso 1797 de hoje, sábado (18/06/22)

Timemanía 1801

Em primeiro lugar, o resultado da concurso Timemania 1797 – O valor do prêmio principal da Timemania de hoje (18/06/22) está acumulado em R$ 34.000.000,00 milhões de reais. A princípio, no último sorteio, ninguém acertou o prêmio principal da loteria.

Dias e horário do sorteio da Timemania

Antes de mais nada, Os sorteios da Timemania são realizados nas terças, quintas e sábados, a partir das 20h. Aliás, Confira abaixo o resultado da Timemania de hoje:

01 – 08 – 51 – 18 – 73 – 76 – 63.

Time do Coração: 64 – Ponte Preta (SP)

Valor da aposta da Timemania

Em primeiro lugar, O valor da aposta é de R$ 3,00.

Premiação

O prêmio bruto corresponde a 46% da arrecadação. Dessa porcentagem, é deduzido o pagamento dos prêmios com valores fixos, sendo R$ 7,50 para as apostas com o Time do Coração sorteado; R$ 3,00 para as apostas com 3 números sorteados; e R$ 9,00 para as apostas com 4 números sorteados.

Entretanto, somente após a apuração dos ganhadores dos prêmios com valores fixos, o valor restante do total destinado à premiação será distribuído para as demais faixas de prêmios com os seguintes percentuais:

  • 50% para os acertadores dos sete números;
  • 20% entre os acertadores dos seis números;
  • 20% para os acertadores de cinco números;
  • 10% restantes são acumulados e distribuídos aos acertadores dos 7 números nos concursos de final 0 ou 5.

Acumulação de prêmios

Por fim, Não existindo aposta premiada na 1ª, 2ª ou 3ª faixas de premiação, inclusive nos concursos de 0 ou 5, o(s) prêmio(s) acumula(m) para o concurso subsequente, na 1ª faixa de premiação – apostas com 7 números certos.

Fonte: Loteria Caixa

Artigo anteriorResultado da Mega-Sena concurso 2492 de hoje, sábado (18/06/22)
Próximo artigoResultado da + Milionária 0004 de hoje, sábado (18/06/22)
Benvindo Zacarias
Fundador do Coluna Tech, Formado em ciência da computação aprecia tecnologia e inovação.”Gosto muito de tecnologia e tudo o que ela traz de melhorias em nossas vidas.”