A primeira imagem de GTA 6 vazou, ou pelo menos é o que alguns fãs de Grand Theft Auto acham que aconteceu. Poucos dias atrás, uma fonte anônima acessou a Internet e compartilhou o que é vendido como a primeira captura de tela de GTA 6.

Dada a grande quantidade de vazamentos falsos com os quais a comunidade de Grand Theft Auto é bombardeada, muitos rapidamente descartaram a captura de tela, mas, desde então, muitos revisitaram o vazamento e estão começando a acreditar que pode ser genuíno, em parte devido ao link para um mapa do jogo que vazou recentemente.

No Reddit, é revelado que a cidade retratada no vazamento é Miami, ou pelo menos a visão fictícia de Grand Theft Auto sobre a cidade da Flórida, já que não é uma recriação individual, mas sim as semelhanças entre a captura de tela e North Miami Beach são muitos para ignorar. De acordo com muitos vazamentos, rumores e até mesmo relatos confiáveis, Vice City será o local principal do jogo.

I think there may be some weight to the plane screenshot, I’ve identified a few buildings in it. from GTA6

Em outras palavras, se isso for falso, o vazador pelo menos fez o dever de casa. Na verdade, eles realmente fizeram o dever de casa, já que o sol e as sombras combinam exatamente onde Miami estaria, com o sol ao sul e o avião voando para nordeste. O céu também tem o sistema de nuvem do Red Dead Redemption 2.

Fui ao Google Maps e comecei a pesquisar North Miami Beach de cima a baixo e o que você sabe? Identifiquei alguns dos prédios que vemos na frente, junto com alguns outros detalhes“, diz uma análise do vazamento no Reddit.

Com base nisso, teoriza-se que foi tirado de uma espécie de teste de jogo. Também é dito que o minimapa “tem uma forte semelhança” com o mapa de Red Dead Redemption 2 quando vazou antes de ser revelado.

Na verdade, há muitas semelhanças entre os vazamentos recentes de GTA 6 e o ​​vazamento de Red Dead Redemption 2. E isso é só o topo do iceberg.

Via: Comicbook

Artigo anteriorNovos Chromebooks da Asus agora disponíveis
Próximo artigoA Moderna ‘ganhou vida própria’ antes da entrada do S&P 500